Nota Fiscal Paulista: Quem quer ser um milionário?

Nova escala de prêmios agora varia de mil reais a 1 milhão de reais por mês!

Na terça feira do dia 21 de junho o governo estadual divulgou novas mudanças no programa da Nota Fiscal Paulista. A principal novidade tem relação com os sorteios: a partir de julho o prêmio de 1 MILHÃO não será mais um especial de Natal, mas passará a ser um prêmio mensal! E o especial de natal passará a ter o prêmio máximo de 2 MILHÕES de reais.

No total serão 598 premiações que juntas somam 4,7 milhões de reais por mês. Veja como ficou a nova tabela de prêmios, que valerá para os sorteios realizados a partir de novembro de 2016:

sorteios
1 prêmio de R$ 1 milhão
2 prêmios de R$500 mil
10 prêmios de R$ 100 mil
15 prêmios de R$ 50 mil
20 prêmios de R$ 10 mil
50 prêmios de R$ 5 mil
500 prêmios de R$ 1 mil
Total: 598 bilhetes e 4,7 milhões de reais

Quais são as minhas chances de ganhar?

Com o intuito de tornar a disputa pelos prêmios mais equilibrada, a Nota Paulista definiu que a partir de julho será sorteada somente uma pessoa ou empresa por prêmio. Na regra antiga cada participante poderia ganhar mais de um prêmio por sorteio. Agora quem for sorteado num prêmio será retirado e não concorrerá aos outros prêmios, isso aumenta a chance de quem ainda não foi sorteado.

Mas atenção!!! Essa regra passa a valer para os bilhetes gerados a partir das compras realizadas no mês de julho, ou seja, estes bilhetes serão utilizados para o sorteio de novembro de 2016. Neste ponto a dinâmica do sorteio continua igual: notas fiscais que você acumula num mês não são utilizadas para o sorteio do mês seguinte, mas sim para o sorteio que acontece 4 meses após a data de compra. Além disso, os bilhetes gerados num mês valem apenas para um único sorteio.

O governo também anunciou que passa a considerar 10 mil reais o valor máximo de uma nota fiscal para geração de bilhetes, o que dá direito ao máximo de 100 bilhetes a cada compra. Portanto, se alguém comprar um carro de 100 mil reais, essa pessoa ganhará no máximo 100 bilhetes com aquela compra.

Esta também é uma medida que busca equiparar as chances dos participantes, pois evita a concentração de bilhetes em apenas alguns consumidores que possam ter o consumo acima da média.

Limite de geração de crédito

Por último, a Nota Paulista também introduziu um teto de geração de créditos por nota gerada. A partir do próximo mês um consumidor poderá receber no máximo R$ 235,50 por compra realizada. Na prática essa alteração tem pouco impacto, pois um percentual mínimo de compras geram créditos acima deste valor.

Dicas CPF na Nota

Sem dúvida a melhor a maneira de aumentar suas chances de ganhar é pedindo o CPF na nota em toda e qualquer compra, afinal já dizia o velho ditado: de grão em grão a galinha enche o papo. Solicitar o CPF na nota leva menos que um minuto e esse minuto pode ser a diferença entre ter um bilhete (ou vários) a mais para concorrer.

Uma estratégia que sempre sugerimos para famílias para aumentar as chances de ganhar em sorteios é concentrar os gastos em uma pessoa da família (desde que a pessoa seja declarada como seu dependente no imposto de renda). Essa é uma boa estratégia, pois a cada 100 reais, você recebe um cupom para o sorteio. Por exemplo, se em um casal temos um gasto de 120 reais para a mulher e outro de 90 para o homem, temos um total de 1 cupom gerado (apenas a mulher recebe o cupom). Se estivessem concentrados em uma pessoa apenas, teríamos 210 reais, ou seja, 2 cupons para os sorteios.

Acompanhe notícias, saiba se foi sorteado, realize saques da Nota Paulista pelo nosso app CPF na nota (Nota Paulista).

É gratuito e está disponível para Android e iOS, baixe agora: http://goo.gl/oF88EO