Todos os anos temos que declarar o nosso Imposto de Renda da Pessoa Física, conhecido como IRPF. Todo o tipo de renda deve ser informado, inclusive a renda obtida no programa da Nota Paulista, principalmente quando estamos falando de valores maiores.

Isso é importante, pois afinal, se algum dia o fiscal da Receita Federal lhe perguntar de onde veio aqueles 2 mil reais extras que não foram declarados, como você justificará? Faz parte também de nosso exercício de cidadania declarar de forma correta nosso IRPF. Obviamente nossa expectativa é que o imposto seja bem aplicado para a sociedade, afinal nós brasileiros trabalhamos cerca de 4 meses do ano apenas para pagar impostos.

Enfim, o governo de São Paulo liberou hoje, dia 29 de fevereiro de 2016, o acesso ao informe de rendimentos da Nota Paulista para o IRPF. Você deve preencher sua declaração com os mesmos valores encontrados no informe. Os créditos resgatados deverão ser declarados como “Rendimentos isentos e não tributáveis” e os prêmios dos sorteios deverão ser declarados em “Rendimentos sujeitos a tributação exclusiva”.

A boa notícia é que esses valores da Nota Paulista que você recebe são isentos de imposto! Isso mesmo: pelo menos estes valores já são líquidos!

Escrevemos aqui um tutorial passo a passo que explica como obter o informe de rendimentos. Tome nota dos valores do informe de rendimentos e utilize em sua declaração, ou envie para seu contador, caso ele cuide de sua declaração de imposto.

E você? Sabia que pode acompanhar sua Nota Paulista direto do celular? É de graça! Basta ter um smartphone Android ou iOS e acessar o link http://notapaulista.mobi.